• época do advento 2019

    como fazer dessa época um modo de fortalecer-se?

    Transmissão 28 de novembro: A Pedra

    Transmissão de 5 de dezembro: A planta

  • Como aproveitar a época da virada do ano para cuidar de si e do mundo ao nosso redor?

    As Noites Santas como cuidado de si 2018/2019

  • As Noites Santas

    Como aproveitar a força cósmica desta época especial para ações de cuidado de si?

    Transmissão 1

    Cuidado de si na época das Noites Santas

    Transmissão do dia 24 de dezembro de 2018 através do Facebook.
    Sugestões de aprofundamento:

    Texto de Edna Andrade - clique aqui
    Áudio do texto na voz de Mirna Grzich - clique aqui

     

    Transmissão 2

    A Primeira Noite Santa

    Nesta Primeira Noite Santa recebemos da Constelação de Peixes os impulsos para se firmar nos próprios pés e se erguer, condições básicas para alcançar a liberdade individual, meta ao qual nos destinamos como seres individualizados

    Transmissão 3

    A Segunda Noite Santa

    Nesta Segunda Noite Santa recebemos através do Portal da Constelação de Aquário os impulsos dos Anjos para que possamos enxergar e permanecer fieis aos nossos ideais. Os nossos ideais iluminam e protegem o nosso caminho e apontam para onde devemos seguir.

    Transmissão 4

    A Terceira Noite Santa

    Nesta Terceira Noite Santa recebemos através do Portal da Constelação de Capricórnio os impulsos dos Arcanjos para o fortalecimento da nossa personalidade através da expansão da luz e autonomia da nossa inteligência.

    Transmissão 5

    A Quarta Noite Santa

    Nesta noite, reavalie as suas qualidades pessoais.

    Da região da Constelação de Sagitário, os Arqueus, espíritos da personalidade, lhe trarão as forças da inteligência que lhe erguem, lhe sustentam e apontam a direção do seu futuro.

    Eles injetam clareza no seu pensar para que você perceba, assuma o compromisso, e se torne fiel

    à sua singularidade, ao o que há de melhor em si.

    Transmissão 6

    A Quinta Noite Santa

    Nesta Quinta Noite Santa, recebemos, através do portal da Constelação de Escorpião, os impulsos espirituais dos Exusiai, para aceitar por um lado as nossas fraquezas, e por outro lado recebemos impulsos espirituais para a superação e transformação destas forças.

    (Edna Andrade)

     

    Nesta noite, procure ficar em paz consigo. Da região de Escorpião, os Exusiai, espíritos da forma, lhe trazem a capacidade de renascer das crises e de todos os processos de perda, impotência, dor e desespero.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 7

    A Sexta Noite Santa

    Na Sexta Noite Santa, através do portal da Constelação da Balança, recebemos dos Dynamis os impulsos espirituais para desenvolver o equilíbrio interior e conseguir conter as forças de dispersão, para se ter uma vida coerente e harmoniosa.

    (Edna Andrade)

     

    Nesta noite reconheça quais os pontos de equilíbrio de sua vida. Da região de Libra, os Dynamis, espíritos do movimento, lhe trazem a capacidade para equilibrar na alma as forças de dispersão e ter uma vida coerente e harmoniosa.

     

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 8

    A Sétima Noite Santa

    Na Sétima Noite Santa, através do portal da Constelação da Virgem, recebemos os impulsos espirituais dos Kyriotetes, que são capacidades de criar o espaço para algo novo ser gestado, no íntimo e de encontrar forças a partir do seu próprio interior para fazer desabrochar a sua vida.

    (Edna Andrade)

     

    Nesta noite concentre-se, como o faz a semente, na essência do que você quer realizar. Da região da Virgem, os Kyriotetes, espíritos da sabedoria, lhe trazem a capacidade de encontrar forças a partir do seu próprio interior para fazer desabrochar a sua vida.

     

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 9

    A Oitava Noite Santa

    Na Oitava Noite Santa, a partir do portal da Constelação do Leão, recebemos os impulsos de entusiasmo e coragem para enfrentar as provas que o destino nos trazem.

    (Edna Andrade)

     

    Nesta noite, abandone o medo dos desafios que você tem pela frente. Da região de Leão, os Tronos, espíritos da vontade, lhe trazem poderosas forças para vencer as provas que as suas escolhas lhe trazem e ultrapassar as circunstâncias em que habita.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 10

    A Nona Noite Santa

    Na Nona Noite Santa, através do portal da Constelação de Câncer recebemos os impulsos espirituais dos Querubins que nos trazem força para nos harmonizarmos com o novo e cria aconchego para que os momentos de transição ocorram de forma harmoniosa.

    (Edna Andrade)

     

     

    Nesta noite, deixe de lado a apreensão pelas mudanças que estão ocorrendo em sua vida. Da região de Câncer, os Querubins, espíritos da harmonia, lhe trazem a força de se harmonizar com o novo e criar aconchego para os momentos de transição.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 11

    A Décima Noite Santa

    Na Décima Noite Santa, através do portal da Constelação de Gêmeos, os impulsos espirituais dos Serafins ajudam a vencer a barreira do individualismo e da solidão.

    (Edna Andrade)

     

     

    Nesta noite abra o seu coração, reconheça o bem em si e nos outros. Da região de Gêmeos, os Serafins, espíritos do amor lhe trazem impulsos para vencer a barreira do individualismo e da solidão e encontrar sentido na união e na fraternidade.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 12

    A Décima Primeira Noite Santa

    Na Décima Primeira Noite Santa, através do portal da Constelação de Touro, o Espírito Santo* emana a plenitude do amor divino inspirada como persistência em relação ao que se pretende alcançar.

    (Edna Andrade)

     

     

    Nesta noite, deixe seu olhar buscar novos horizontes para a sua vida. Da região de Touro, o Espírito Santo* lhe traz a força da persistência que leva ao progresso.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

     

    *Espírito Santo como aquela força da alma que nos ilumina desde dentro, como um insight, uma espécie de eureka, uma forte intuição.

    Transmissão 13 - parte 1

    A Décima Segunda Noite Santa

    Um novo Sol e um novo dia e, no cair da última noite, desta ascensão através das hierarquias espirituais. Alcançamos o último degrau desta escada que já nos transportou para as fronteiras do universo. A Constelação de Áries.

    (Edna Andrade)

     

     

    Nesta noite pense em uma graça que você quer alcançar.

    Da região de Áries, Cristo, o próprio filho de Deus lhe traz a liberdade de ser você mesmo.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 13 - parte 2

    A Décima Segunda Noite Santa

    Um novo Sol e um novo dia e, no cair da última noite, desta ascensão através das hierarquias espirituais. Alcançamos o último degrau desta escada que já nos transportou para as fronteiras do universo. A Constelação de Áries.

    (Edna Andrade)

     

     

    Nesta noite pense em uma graça que você quer alcançar.

    Da região de Áries, Cristo, o próprio filho de Deus lhe traz a liberdade de ser você mesmo.

    (Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre)

    Transmissão 14

    Dia de Reis

    A bandeira do divino

    Os devotos do Divino vão abrir sua morada
    Pra bandeira do menino ser bem-vinda,

    ser louvada, ai, ai
    Deus nos salve esse devoto pela

    esmola em vosso nome
    Dando água a quem tem sede,

    dando pão a quem tem fome, ai, ai

    A bandeira acredita que a semente seja tanta
    Que essa mesa seja farta,

    que essa casa seja santa, ai, ai
    Que o perdão seja sagrado, que a fé seja infinita
    Que o homem seja livre, que a justiça sobreviva, ai, ai

    Assim como os três reis magos que

    seguiram a estrela guia
    A bandeira segue em frente atrás de melhores dias
    No estandarte vai escrito que ele voltará de novo
    E o Rei será bendito, ele nascerá do povo, ai, ai

    (Vitor Martins e Ivan Lins)

     

  • Abrir-se à transformação

    exercício constante no viver

    uma epígrafe

    Quando a gente gosta é claro que a gente cuida...
    (Caetano Veloso)

    um conselho

    "Presta atenção às pausas, as pequenas, que inesperadamente o destino te concede. Um dia, 'o-que-virá' surgirá assim".

     

    (Friedrich Doldinger)

    uma citação

    "...quando pesquisamos todos aqueles sentimentos que se movem no interior da alma humana, vemos que eles falam uma linguagem maravilhosa".

    (Rudolf Steiner)

    Treze Noites Santas GA 127, 1911.

    um poema

    Bem certo: deve ser estranho não habitar mais a terra,
    Não recorrer mais a hábitos apenas adquiridos,
    Não mais dar às rosas e às promessas de outras coisas
    A significação de um futuro humano;
    Estranho não se ser mais o que se foi no infinito cuidado
    Das mãos, e abandonar até o próprio nome
    Como um pobre brinquedo jogado.
    Estranho não mais desejar desejos.
    Estranho
    Ver tudo o que foi laço, no espaço flutuar
    Desfeito.
    Coisa difícil é estar morto;
    E cheia de ressurreições, pois que há sempre para nós
    Um prenúncio de eternidade...


    Rainer Maria Rilke com tradução de Vinícius de Morais

    uma origem

    É o assim denominado período que vai da noite de Natal (25) até a noite anterior ao dia dos Reis (05), quando, segundo a antiga tradição cristã, bençãos divinas se derramam sobre nós através dos portais das 12 constelações do Zodíaco, o cinturão de estrelas em volta do espaço sideral no qual existimos.

     

    As 12 badaladas da meia noite do Natal anunciam a vigília que é um preparo espiritual, como se as Noites Santas fossem uma prévia dos 12 meses do ano que se inicia.

     

    As virtudes recebidas das hierarquias espirituais nesta época, através da meditação,injetam suas forças no nosso desenvolvimento espiritual ao longo do novo ano.

     

    Uma atenção especial deveria ser dada aos sonhos como mensageiros do espírito.

     

    (Edna Andrade)

     

    um verso

    Encontra no pensar a liberdade e serás ouro.

    Brilham alturas através de ti.

    Encontra no sentir o equilíbrio e serás incenso.

    Mostra-se a periferia através de ti.

    Encontra no querer o esforço e será mirra.

    Vivificam-se as profundezas através de ti.

     

    Olhar o brilho do ouro.

    Urdir respirando no incenso.

    Degustar a força da mirra.

     

    Ensina o teu pensar a confiar.

    Vivifica o sentir.

    E renascerás todos os dias.

     

    (Friedrich Doldinger)

    outra citação

    "Alma Humana, quando estás enfraquecida, quando acreditas não poder encontrar as metas de tua existência, pensa na origem divina do ser humano e estejas consciente que estas forças estão dentro de ti, que são também as forças do máximo amor. Tu perceberás em ti as forças que doam confiança e certeza a todo o teu agir em sua maior expressão, por toda a tua vida, agora e no futuro distante".

     

    (Rudolf Steiner)

    Treze Noites Santas GA 127, 1911.

    um trecho

    "Quando uma pessoa vive de verdade, todas as outras também vivem".

    (Clarissa Pinkola Estés)

    uma clarice

    “Sabe o que eu quero de verdade? Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma. Porque sem ela não poderia sentir a mim mesma...”

     

    Clarice Lispector

    umas indicações

    A história de uma folha, de Leo Buscaglia, um livro para apoiar a conversa sobre morte com crianças.
    A história narrada no YouTube

     

    Apoio na hora da morte, de Geert Suwelack, editado pela Comunidade de Cristãos

     

    Sítio do Bicho Sem-Vergonha

    Produtores de lã, do Sul de Minas Gerais.

     

    Para o origami
    Ritual caseiro para a virada de ano.
    Tutorial

     

    Nazaré - Uniluz.

    Antigo Centro de Vivências Nazaré, responsável por introduzir no país, vindo de Findhorn o Jogo da Transformação, origem do baralho dos anjos, usados por mim, no Ano Novo.

     

    Livro infantil

    O equilibrista

    Autores: Fernanda Lopes de Almeida e Fernando de Castro Lopes.

    Editora: Ática

     

    Quilombo do Futuro

    Argumento de enredo da Escola de Samba Vai-Vai 2019

    Narrado por Altay Veloso
    Leia o texto

     

     

     

    um texto

    Calorosidade e Perdão

     

    Estou pensando em compartilhar com todos que nós deveremos nos empenhar, através de um trabalho duro, em conseguir

    Calor interior:

     

    Uma calorosidade capaz de aquecer a frieza congelante que existe dentro das pessoas.

    E essa calorosidade ao ir aquecendo esse ambiente de frieza vai fazendo surgir uma sabedoria que se revela como uma luminosidade interior.

    Mas essa transformação só poderá ocorrer se houver perdão.

     

    E essa luz interior plena de sabedoria irá iluminar o ambiente de escuridão e de trevas que existe na vida interior das pessoas.

     

    E, à medida que isso for ocorrendo, essa sabedoria luminosa vai gerando uma mobilidade interna, uma maleabilidade.

     

    Porém essa transformação de sabedoria em movimento só poderá ocorrer se houver perdão.

     

    E essa maleabilidade interna ao se defrontar com a imobilidade e estagnação começa então a fluir e se transformar das maneiras mais inusitadas. Formas de agir, formas de pensar, formas artísticas totalmente novas vão surgindo.

     

    Mas isso só pode ocorrer se houver perdão.

     

    (Flavio Milanese)

    uma continuação

    Calorosidade e Perdão

     

    E essa forma tão refinada e lapidada, corre o risco de ir se tornando em algo sólido e imutável.

     

    E assim, essa forma tão refinada vai passando por um processo de morte, vai se tornando um ponto nulo que vai se transformando em um ponto de virada ao avesso, surgindo assim o início de uma ressurreição da forma.

     

    E isso só pode ocorrer se houver o perdão.

     

    Temos, então, as segiintes dádivas:

     

    1-Calorosidade

     

    2- sabedoria-luz

     

    3- mobilidade interna

     

    4- forma refinada

     

    Ponto nulo ligado à Ressurreição da forma

     

    5- Ressurreição e surgimento de um novo, do mundo do movimento

     

    6-Ressurreição e surgimento de um novo mundo da luminosidade plena de sabedoria.

     

    7- Ressurreição e surgimento de um novo mundo de calorosidade pleno de entusiasmo.

     

     

    Então são essas as nossas dádivas que nós temos que produzir em nós.

     

    (Flavio Milanese)

    mais um verso

    No coração tece o sentir,
    Na cabeça luze o pensar,
    Nos membros vigora o querer.

    Luzir que tece,
    Tecer que vigora,
    Vigorar que luze,
    Eis o ser humano.

     

    (Rudolf Steiner)

  • As forças do corpo e da alma

    corpalma sob as estrelas

    As constelações como forças da alma

    Constelação de Peixes - sensibilidade

    Constelação de Aquário - Visão

    Constelação de Capricórnio - Responsabilidade

    Constelação de Sargitário - Fé

    Constelação de Escorpião - Transcendência

    Constelação de Libra - Temperança

    Constelação de Virgem - Disciplina

    Constelação de Leão - Coragem

    Constelação de Câncer - Acolhimento

    Constelação de Gêmeos - Solidariedade
    Constelação de Touro - Persistência
    Constelação de Áries - Autenticidade

    ....

    As constelações e suas regências no corpo humano

    Os símbolos e suas correspondências clique aqui
    Comentários em espanhol clique aqui

    ....

    A correspondência entre as constelações e os meses do ano.

    Podemos colocar na alma as sementes da força meditativa em relação aos doze meses do ano:

     

    Peixes - janeiro
    Aquário - fevereiro
    Capricórnio - março
    Sargitário - abril
    Escorpião - maio
    Libra - junho
    Virgem - julho
    Leão - Agosto
    Câncer - setembro
    Gêmeos - outubro
    Touro - novembro
    Áries - dezembro

    *fonte e desenho Luciana Pinheiro e Rodrigo Ventre

  • Sentido do movimento próprio

    Citação feita durante a sétima transmissão.

    Aula para preparação da Pós-Graduação em Artes-Manuais para Terapias

    Faça sua inscrição para o Processo Seletivo aqui.

  • Anotações

    inspirações, citações, pensamentos

    A época

    Entre a véspera do Natal e o Dia de Reis, em algumas tradições cristãs, temos 13 noites que são uma espécie de portal para o céu, condição ideal para promover ações de cuidado de si, junto ao fechamento de processos do ano que se acaba e às aspirações para o ano que virá. É a época do ano que mais gosto. Sinto claramente em mim um deslocamento da atenção e uma dilatação dos sentidos no cotidiano. A atenção parece ser deslocada das atribulações diárias para à memória do que se passou e para as expectativas e projetos futuros. Há uma intensificação da confiança e uma sensação de abertura, de possibilidade. A construção diária do sentido da vida é ampliada. E entra em cena o questionamento, a pergunta, a avaliação. Novos sentidos são inventados e a existência passa a ganhar cores outras. É uma oportunidade de reconfiguração do mesmo que, assim, vitaliza-se e aumenta nossa potência de existir.

     

    Durante As Noites Santas temos um momento que parece fora do tempo e que nos permite pausar o ritmo em que vivemos anualmente para nos reinventar. A instituição desse hiato temporal repetidamente nos fortalece e pode favorecer práticas de cuidado e atenção ao si mesmo e ao ambiente onde se habita. Poderia-se dizer que "todo ano é assim". Ao que eu responderia: que bom. É exatamente a repetição que pode fortalecer.

    A repetição dos rituais

    Em uma sociedade que exalta o inédito, que busca sempre o diferente, o diverso, fica difícil compreender o poder ativador do repetido. O que se sente na repetição?

     

    Na criança, por exemplo, a repetição pode ampliar a percepção, pode acalmar, pode dar a sensação de continuidade. Não é à toa que os pequenos adoram as repetições, são capazes de ouvir a mesma história inúmeras vezes. Para nós, adultos, a repetição vivifica, fortalece a capacidade de enfrentamento e, surpresa, aumenta a inventividade.

     

    Pode parecer que a criatividade e a inventividade estão sempre ligadas ao inédito, ao novo, mas essa visão é apenas superficial. Quando repetimos com interesse a atenção, como as crianças fazem, ampliamos a observação, diminuímos alguma ansiedade que pode turvar a percepção, adquirimos destreza e familiaridade, e isso pode possibilitar que outra visão se dê no mesmo, intensificando qualidades inventivas e criativas. Surge a potência da variação do mesmo, que considera a complexidade do pensamento, que ultrapassa o linear, e que é mais facilmente sentido quando as luzes do Natal começam a brilhar e se abre o tempo sem tempo das Noites Santas.

    All Posts
    ×